DECLARAÇAO DE BOGOTA

Os 400 participantes do Primeiro Congresso Internacional CDS/ISIS, provenientes de 40 países de Africa, América Latina e Caraíbas. e Europa, reunidos em Assembleia Geral Plenária e comemorando a cinquentésimo aniversário da UNESCO e o décimo aniversário do MicroISIS,

CONSIDERANDO

PRIMEIRO. - Que a UNESCO é o organismo internacional das Naçoes Unidas, especificamente encarregado de promover o desenvolvimento de sistemas e serviços de informaçao, a preservaçao da memória escrita e audio-visual da humanidade, e o intercâmbio de informaçao entre os povos, como meio para cumprir o seu objectivo fundamental, o de substituir a ideia de guerra pela ideia de paz no espírito de cada ser humano,

SEGUNDO - Que a UNESCO ao adaptar, dez anos atràs, o CDS/ISIS para micro computadores, e mais tarde, o programa IDAMS, ajudou substancialmente o desenvolvimento de sistemas nacionais de informaçao e permitiu a milhares de utilizadores e unidades de informaçao, bem como a programas de outros organismos internacionais, beneficiar dos progressos da informatizaçao e atingir um grau de normalizaçao que facilitou enormemente o intercâmbio de informaçao entre os seus Estados Membros,

TERCEIRO - Que a utilizaçao do MicroISIS e IDAMS permitiu reduzir o afastamento entre os países desenvolvidos e os países em vias de desenvolvimento no que respeita à utilizaçao das novas tecnologias de informaçao,

QUARTO - Que o Micro ISIS é reconhecido como um sistema de alto nível profissional que provou nos últimos dez anos a sua eficácia, comparado a outros sistemas, e que conhece uma difusao a nível mundial sem precedentes,

QUINTO - Que a UNESCO, face ao desafio das novas tecnologias, reconheceu a urgência de dar uma nova dimensao ao MicroISIS, o que exige, por um lado maiores recursos financeiros do que actualmente, e por outro o apoio dos Estados Membros e de ou organizaçoes internacionais.

SEXTO - Que a estrutura de desenvolvimento e distribuiçao do sistema criado pela UNESCO permitiu o estabelecimento de uma considerável rede de distribuidores, a formaçao de milhares de profissionais e utilizadores, e a constituiçao de um largo número de associaçoes profissionais, baseada no principio da distribuiçao grátis e da cooperaçao e entre-ajuda,

RECOMENDAM:

PRIMEIRO - Que a Comissao Nacional da UNESCO da Colômbia, país que organizou o Congresso, sustenha a presente Declaraçao entre as Comissoes Nacionais dos outros Estados Membros, o que representará um apoio decisivo aos objectivos de comunicaçao no seio da comunidade internacional.

SEGUNDO - Que as delegaçoes dos Estados Membros proponham à próxima Conferência Geral da UNESCO o lançamento de um programa de desenvolvimento do Micro ISIS que permita a sua adaptaçao aos actuais requisitos das tecnologias de informaçao e da globalizaçao dos sistemas de informaçao.

TERCEIRO - Que as Delegaçoes Nacionais dos Estados Membros presentes à próxima Conferência Geral da UNESCO, proponham o reforço da equipe encarregada do desenvolvimento e distribuiçao do sistema na sede da UNESCO e encoragem a coordenaçao entre as Comissoes Nacionais e os distribuidores nacionais e regionais.

QUARTO - Que os Estados Membros garantam às instituiçoes designadas como distribuidores nacionais ou regionais os recursos necessários para que estes possam assegurar as tarefas de actualizaçao acarretadas pelos desenvolvimentos tecnológicos bem como adequada formaçao e assistência técnica.

QUINTO - Que o importante papel desempenhado pelas Associaçoes de Utilizadores seja reconhecido como um importante complemento da estrutura que desenvolve e distribui o programa dentro da UNESCO, e que seja encorajada a criaçao de novas associaçoes deste tipo.

SEXTO - Que a UNESCO forneça os recursos necessários que permitam a participaçao dos distribuidores dos Estados Membros nos seminários anuais de actualizaçao.

SÉTIMO - Que a UNESCO assegure a realizaçao bienal de Congresso Internacional de MicroISIS, como espaço previlegiado de troca de experiências, de avaliaçao e perspectivas de desenvolvimento do sistema.

OITAVO - Que a UNESCO garanta, através do seu Divisao Regional do Programa Geral de Informaçao para a América Latina e Caraíbas a continuaçao da publicaçao do CD-ROM MicroIsis "Clearing House", bem como o estabelecimento de um servidor dedicado a esta funçao na Internet.

NONO - Que a UNESCO saliente junte dos distribuidores, associaçoes de utilizadores e outras organizaçoes internacionais a importância da participaçao activa e cooperaçao no desenvolvimento e disseminaçao do programa, a colaboraçao na preparaçao de material de sensibilizaçao, formaçao profissional e manuais.

DÉCIMO - Que as associaçoes de utilizadores estudem mecanismos de cooperaçao e coordenaçao tanto regionais como internacionais, que permitam em particular a recolha de fundos com vista à obtençao de novos recursos com vista ao desenvolvimento e promoçao do programa.

DÉCIMO PRIMEIRO - Que a UNESCO consolide a política estabelecida recentemente de levar a cabo o desenvolvimento do programa em conjunto com instituiçoes dos Estados Membros, escolhidos na base do seu envolvimento com o programa CDS/ISIS e a sua competência técnica.

DÉCIMO SEGUNDO - Que a UNESCO mantenha o princípio da distribuiçao gratuita e da entre-ajuda que caracterizaram dez anos de existência do MicroISIS.

Aprovada em Santafé de Bogotá em 26 de Maio de 1995